Portal do Governo do Estado de São Paulo

TEATRO

Os cinco finalistas foram indicados pela comissão de acordo com os seguintes critérios: solidez da trajetória, consistência nos projetos artísticos, capacidade de ousadia estética e experimentação formal e disposição para uma interlocução não somente com a área do teatro, mas também com a cultura brasileira em sentido mais amplo.

image1

COMPANHIA DA MEMÓRIA

Projeto Karamázov

O Projeto Karamázov, da Companhia da Memória, é dividido em três espetáculos: Uma anedota suja; Karamázov: os irmãos e Karamázov: os meninos. Criadas a partir das obras Uma história lamentável e Os irmãos Karamázov, de Fiódor Dostoiévski, as montagens formam um tríptico dramático em que a primeira história se apresenta como o embrião filosófico das outras duas. Pesquisador do método Stanislavski, o diretor do projeto, Ruy Cortez, já fez três residências artísticas na Rússia. Na última, em 2010, acompanhou diversos projetos ligados ao Teatro de Arte de Moscou.

image1

GRUPO TAPA

Tapa na Arena – Uma ponte na história

Para marcar as comemorações de seus 35 anos de atividades, o Grupo Tapa promoveu a ocupação do Teatro de Arena Eugênio Kusnet com uma mostra de espetáculos de seu repertório e de convidados. O projeto Tapa no Arena – Uma ponte na história apresentou as obras Breu, de Pedro Brício, Senhorita Júlia, de August Strindberg, e As viúvas, de Artur Azevedo, dentre outras montagens. Fundado dentro da PUC-Rio, o grupo se profissionalizou em 1979. O Tapa é um dos grupos mais longevos em atividade no Brasil, tendo já recebido mais de 80 prêmios, entre Shell, Mambembe e Governador do Estado.

image1

ROBERTO ALVIM

Tríptico Samuel Beckett e Terra de Ninguém

Em Tríptico Samuel Beckett, o diretor Roberto Alvim transpôs para o palco três narrativas curtas do autor irlandês, nas quais as atrizes Paula Spinelli, Juliana Galdino e Nathalia Timberg narram, respectivamente, as diferentes fases da vida de uma mulher. Em Terra de Ninguém, de Harold Pinter (1930-2008), Alvim dirigiu Edwin Luisi, Luís Melo, Caco Ciocler e Pedro Henrique Moutinho em um espetáculo que fala da incongruência humana. Dramaturgo, diretor e professor de Artes Cênicas, Alvim já escreveu e dirigiu cerca de vinte peças no Brasil, França, Argentina e Suíça. Em 2010, foi curador do Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto.

image1

SÉRGIO ROVERI

M – Medeia, Maria e Marilyn

Jornalista e dramaturgo, Sergio Roveri lançou em 2014 pela editora Giostri a trilogia M – Medeia, Maria e Marilyn, reunindo suas peças mais recentes, Medeia: 1 Verbo; Palavra de Rainha e Tempos de Marilyn. Natural de Jundiaí, Roveri já trabalhou na Editora Abril e no Jornal da Tarde, como repórter, redator e editor de Variedades. Estreou como autor teatral em 2003, com a peça Vozes Urbanas.

check
image1

TEAT(R)O OFICINA UZYNA UZONA

Projeto Odisseia Cacildas

Sob a direção de José Celso Martinez Corrêa, o Projeto Odisseia Cacildas dedicou-se ao longo dos últimos dois anos à apresentação de cinco montagens sobre uma das principais personalidades do teatro brasileiro: Cacilda Becker. São elas: Walmor y Cacilda 64 – Robogolpe; Walmor y Cacilda 68 – Aqui Agora; Cacilda!!! – Glória no TBC; Cacilda!!!! – Fábrica de Cinema & Teatro e, finalmente, Cacilda!!!!! – A Rainha Decapitada. Criado em 1958, e sediado no bairro paulistano do Bixiga, o Teatro Oficina figura entre os mais importantes grupos brasileiros.